Categories: Saúde

UFMG DESENVOLVE 1ª VACINA COVID-19

ads

ads

se sente o primeiro e humanizante Nacional compra a corrida 19 está sendo desenvolvido pelo Centro de Tecnologia em vacinas do CT vacinas da Universidade Federal de Minas Gerais a UFMG junto com outros estudos relevantes na mesma área de vacinas o desenvolvimento do imunizante é feito em parceria firmada entre a UFMG o governo de Minas Gerais e o ministério da Ciência Tecnologia inovações E aí para falar um pouquinho para gente sobre o andamento do estudo Central recebe a professora Ana Paula Fernandes Uma das coordenadoras do CT vacinas seja bem-vindo ao Central 98 outra prazer falar com você sobre um tema tão importante Bom dia e o prazer é meu bom dia a todos que nos acompanham aí na central 98 Ana Paula Qual que é a previsão né A gente já vai direto ao ponto aqui que todo mundo muito ansioso pela chegada das vacinas e a gente acompanhando Então essa novidade uma ótima novidade sendo desenvolvida em parceria com a UFMG Qual que é a previsão para que o Brasil tenha uma vacina Nacional já daí para gravar mais ou menos uma data um período e olha a nossa estimativa otimista é que para o segundo semestre do ano que vem a gente tenha essa vacina já de sendo disponibilizadas para a população é como foi acompanhado aí ao longo desses meses de pandemia e o desenvolvimento das outras vacinas para que uma vacina chegue a ser usada na população é preciso que ela demonstre segurança eficaz e essa fase e nós vamos desenvolver daqui para frente e tentando fazer da forma mais rápida possível mais pragmática e objetiva para que essa alternativa né a gente sabe que a pandemia veio para ficar ou pelo menos o vírus né E que nós teremos aí e ter alternativas de vacinas Oi para o controle e induzir né imunidade na população professora Bom dia João Henrique do Vale é tomara que essa vacina além de ser Nacional seja mineira viu Professor torcendo aqui por vocês e aí eu queria saber mais detalhes sobre essa vacina desenvolvida na UFMG como é que estão os estudos e qual fase que nós estamos atualmente Olha só em março do ano passado nós iniciamos nos estudos que é nós ampliamos o leque de alternativas é de possíveis vacinas e plataformas vacinais testamos todas elas nos modelos animais em condições controladas o que esse vírus realmente é um problema de biossegurança para quem trabalha com ele e agora nós chegamos a uma formulação que demonstrou um potencial Fantástico ela é uma forma o Auê e um tipo de plataforma de vacina né que pode ser produzida aqui no Brasil de um custo relativamente bar menor que muitas outras vacinas com uma logística também de distribuição mais simples então nós ficamos muito satisfeitos porque entre todas as suas alternativas de plataformas dos sinais que nós dominamos por exemplo os vírus recombinantes que são usados por exemplo na vacina de óculos mas que são plataformas mais complexas de todas as vacinas que nós testamos é essa é realmente uma vacina bem adequada a nossa realidade e demonstra uma alta eficiência e eficácia nos modelos e animais que estados até agora então a nossa expectativa que a gente possa seguir agora os testes clínicos em humanos Oi E para isso Foi estabelecido uma parceria né É ou está sendo construída ainda uma parceria entre o ministério da Ciência e Tecnologia o governo do estado principalmente com a participação da funed que tem uma fábrica já pronta E adequada para poder produzir essa vacina né então por exemplo não adianta a gente querer usar uma vacina de vírus atenuado como do Butantã numa fábrica que não está adequada para essa produção ou vice-versa né a nossa na nossa vacina também Depende de uma área de produção adequada e nós temos aqui em Minas essa condição Então o que nós precisamos agora que os investimentos que os recursos para essa fase seja liberado o mais rapidamente possível quanto mais eles é retardar em né é mais tardiamente a ter a solução dessa vacina alcançando a nossa população Ana Paula quanto tempo se gasta para produzir uma vacina em média o quanto os pesquisadores da UFMG aprendem com os outros que já desenvolveram vacinas contra covide e quais as maiores dificuldades técnicas que vocês estão enfrentando e olha é nós aqui do Centro de Tecnologia em vacinas da UFMG a gente tem já alguns anos de trabalho no desenvolvimento de vacinas a e muito importante a gente Domina essas plataformas tecnológicas que por exemplo Oxford que é a universidade né que trouxe o desenvolvimento dessa vacina que já está sendo usada no mundo inteiro nós temos essas mesmas possibilidades instaladas e competência para fazer isso aqui no Centro de Tecnologia em vacinas da UFMG a é os desafios quando a gente trabalha no dia a dia com essas plataformas a gente aprende muito mesmo que a gente não esteja desenvolvendo uma vacina para convide Quando surge um problema desse rapidamente a gente faz adaptação necessária é na medida em que a gente já do minha nessa experiência os gargalos científicos e tecnológicos são muito grandes principalmente no momento o Brasil tem grandes fábricas como Butantã como biomanguinhos né ou até a própria funed para produção das vacinas e dos hifas que já estão escalonadas e que alcançaram uma fase final de desenvolvimento Mas levar a pesquisa que é feita nos Laboratórios em pequena escala até o estágio de ser produzido numa fábrica como essa é o principal gargalo que o Brasil enfrenta então nós temos aí e números vacinas veterinários que são produzidos no setor privado com fábricas e são produzidos aqui no Brasil mas para área humana a maior parte das nossas vacinas são importadas Oi hoje isso se tornou o problema eu nós precisamos de vencer essa barreira tecnológica e termos infraestruturas adequadas para fazer essa transposição entre o que é a ciência brasileira que é muito competente e tem condição de fazer o quiosque por exemplo faz para a para o escalonamento e a gente ter mais vacinas não só de covide né mas outras vacinas são importantes para nossa população totalmente desenvolvidas e produzidas no território nacional não é o caso por exemplo da vacina que o botão tanta produzindo o que só parte do processo EA dependência tecnológica dos insumos né só a parte do processo foi desenvolvido aqui e a gente continua dependendo de Tecnologia dos insumos que vêm de outros países Oi Paulo só tem teu irmão não é questão que eu já ia perguntar é justamente sobre essa questão do Sim somos a gente em outros períodos a gente nunca preocupou muito de onde vinha né a gente tem que a vacina da febre amarela vacina da gripe A gente não tinha essa preocupação se ao insumo vem de onde vai chegar a tempo e todo mundo agora é muito atenta Essa questão aí por causa dessa poderia do couve 19 essa vacina então ela não precisaria de estamos de outros países a gente teria capacidade de produzir tudo aqui no Brasil é isso Exatamente é essa é uma uma alternativa muito significativa nesse momento O que o domínio tecnológico é nós nós vamos pagar muito menos porque a tecnologia é nacional né mas não tenho que pagar Arroios ou pagar pelo acesso do conhecimento e da tecnologia e os insumos também são facilmente obtidos produzidos aqui e disponibilizados para os e nós necessitamos então esse é um grande diferencial e mais ainda se a gente conseguir fazer alavancar esse processo aqui nós estaremos prontos e em condições para resolver outros problemas e trazer outras vacinas produzidas nas mesmas condições antigamente a gente não tinha essa preocupação porque não tinha uma demanda emergencial que fábricas no mundo inteiro tinham de suprir essa demanda para o mundo inteiro e tudo era feito dentro de uma programação de tempo dava tempo de produzir as vacinas importá-las né e adaptar à infraestrutura etc para que fosse feito aqui mas na pandemia isso ficou extremamente complexo difícil e inacessível como a gente vê e muitas circunstâncias e por exemplo com a vacina da fazer nós Brasil não tem ainda a a vacina da fazer disponível para nossa população os insumos se a gente hoje quiser produzir no Brasil uma vacina como a vacina da fase nós vamos ter dificuldade para comprar os insumos básicos os reagem que são necessários porque tá faltando no mundo inteiro quem está produzindo Compra tudo e foca na sua produção e o custo obviamente fica muito elevado você falou em produção da vacina para o segundo semestre do ano que vem mas dá o sua última fala você fala em tempo e diz que o tempo tem que ser abreviado por conta da nossa necessidade haveria uma forma de abreviar se o tempo da produção da vacina pelo CT da UFMG e olha eu enxergo que hoje o principal problema é que a gente ainda não conseguiu é que fosse disponibilizado pelo menos o recurso inicial para a gente avançar para as próximas fases e sem a garantia desse recurso né a embora a gente no dia a dia busca aqui todos os alternativas e acelerar o processo com as nossas próprias condições o que nós temos de capacidade instalada no momento é preciso de um montante de recursos adicional para que a gente possa seguir para as próximas fases né então e eu acho que esse é o principal é a principal questão que tá levando algum atraso no nosso processo para que de fato a gente consiga cumprir esse a Dama da melhor maneira possível por exemplo nós estamos trabalhando em conjunto com a equipe da Anvisa da funed para que a gente possa fazer todas as etapas de desenvolvimento dentro das exigências sem deixar nada para trás é quando a gente entra com processo na Anvisa nós conseguimos atender todas as demandas e exigências e não ocorra nenhum atraso né nessa parte mas sem recursos garantidos fica difícil é Doutora é o impressionante é que a gente todos os pesquisadores que a gente conversou durante esse esse ano todo né desse ano de pandemia Todos falavam a mesma coisa falta investimento e eu acreditava que com a produção de vacina o que tá importantíssimo Seria muito bom para o país essa produção aqui Nacional a gente tem um olhar mais Atento e um olhar para esse investimento infelizmente pelo visto o que vem acontecendo e Doutora é um ponto que você tocou e que a gente possa tentar tirar pelo menos um prazo é essa esse processo contínuo né de envio de documento para Fiocruz para para ver o Cruz não desculpa para Anvisa para autorizar mais rapidamente esses processos isso já vem acontecendo a gente consegue colocar uma data para o início desse envio desses documentos Olha é sem o investimento agora por mais que a gente tenha tudo preparado nós temos que fazer testes é que são caros e que são exigidos para iniciar esse processo na Anvisa então é é urgente que a gente Pare No Brasil de simplesmente apagar incêndio e pagar caro para apagar os incêndios então quando a gente compra uma tecnologia de uma vaca em cima da índia é de uma empresa fora do país né A gente paga no mínimo 10 a 15 vezes mais por essa tecnologia fé e é muito mais barato investir no desenvolvimento dessas tecnologias aqui e a gente tem isso de uma forma perene tá então é precisa de uma visão de longo prazo uma visão política uma sensibilidade da sociedade dos políticos dos governos de que não basta comprar a vacina lá fora isso não resolve nosso problema como ficou escancarado durante a pandemia né e é nós vou ter nós vamos investir menos Oh e vamos ter um retorno muito mais eficiente inclusive na nossa balança comercial porque a gente pode passar a importar essas exportar essas vacinas desculpa né e ganhar é roi eu ganhar é captar recursos como a China EA índia estão fazendo hoje né você caiu a obra os Estados Unidos porque as vacinas não são produzidas lá ou Reino Unido etc mas eles ganham pela tela tecnologia né então é nós podemos perfeitamente se tiver um investimento perene longo prazo no Brasil reverter esse problema fica o alerta então para questão dos investimentos nenhum pensamento a longo prazo a gente está da necessidade de investimentos aí nessa área de pesquisa aqui no Brasil agradecer demais a Professora Doutora Ana Paula Fernandes Uma das coordenadoras do CT vacinas da UFMG falando para gente sobre esses a vacina Nacional contra a cor 2019 Ana Paula Muito obrigada por esse tempinho para conversar com a gente aqui e um ótimo excelente trabalho para vocês aí a gente tá aqui na torcida para que dê tudo certo viu olha Obrigada pela torcida pelo apoio porque divulgar essas informações isso é muito importante para a sociedade e para que a gente consiga deixar para alavancar esse projeto né Essa solução para os nossos problemas aqui no Brasil Muito obrigado e um ótimo ligar estou à disposição portas abertas também na 98 tá aí a gente falando sobre a questão da vacinação tomara que dê certo a gente na torcida aqui seria um orgulho né uma vacina Nacional produzida pela UFMG todo mundo na torcida a gente tá precisando dessa chegada de mais vacinas a gente continua aqui dando espaço né para os pesquisadores cobrando a chegada de novas vacinas também

Related Post

Poderá ver o vídeo no youtube Aqui

ads
Seu informativo Premium

Últimas notícias do Brasil e do mundo, sobre política, economia, emprego, educação, saúde, meio ambiente, tecnologia, ciência, cultura e carros.

Share
Published by
Seu informativo Premium

Recent Posts

Dicas de Iluminação de Emergência para Casas e Prédios

Em situações de emergência, a iluminação é um componente vital para a segurança das pessoas… Read More

4 semanas ago

Como adquirir um bom sistema de transporte para a sua empresa?

Como adquirir um bom sistema de transporte para a sua empresa? Nem todos os negócios… Read More

2 meses ago

Curiosidades sobre o Mundo da Arquitetura

Arquitetura é uma arte antiga que remonta às primeiras civilizações. A arquitetura é o projeto… Read More

2 meses ago

Morre Marília Mendonça, aos 26 anos

ÇA AOS 26 ANOS ELA ESTAVA EM UM AVIÃO BIMOTOR QUE CAIU A TARDE NA… Read More

9 meses ago

Famosos lamentam morte de Marília Mendonça

FILHINHO DE PÉ. AMIGOS ARTISTAS E PARCEIROS DE PALCO DE MARÍLIA LAMENTARAM A MORTE DA… Read More

9 meses ago

Câncer de mama: Mitos e Verdades

Olá, eu sou Priscila Santos, eu sou médica mastologista aqui do Instituto Amato. Hoje nós… Read More

10 meses ago
ads